O que são as "pedras elétricas" da República Democrática do Congo?

Um vídeo viralizou nas redes sociais mostrando dois homens manuseando uma rocha de aparência metálica na República Democrática do Congo. Ao conectar as duas extremidades de um fio à rocha, uma luz se acende, indicando que a pedra está carregada eletricamente. A natureza do material e a origem da carga gerou dúvidas pela internet.

O registro impressionante gerou comparações do material com o metal fictício do universo Marvel, o vibranium. Embora não haja confirmação de qual seja a composição do mineral registrado, a maior probabilidade é que seja o chamado Coltan. Esse minério tem o nome derivado dos dois minerais que o compõem: a columbita e a tantalita.

A columbita e a tantalita são as fontes de dois importantes elementos para a fabricação de eletrônicos: respectivamente, o nióbio e o tântalo. A República Democrática do Congo é o país que mais possui reservas destes minérios no mundo.

O que é o Coltan?

Fonte de elementos fundamentais na indústria de eletrônicos, o Coltan fornece o nióbio, cujas aplicações incluem ligas metálicas avançadas, utilizadas na indústria espacial e na biomédica, por exemplo. O tântalo também pode compor ligas semelhantes, mas sua principal aplicação é na fabricação de capacitores para computadores, celulares e outros eletrônicos.

A República Democrática do Congo possui um complexo contexto socioeconômico decorrente da exploração de reservas minerais no país e, nelas — especialmente nas de Coltan —, é usada mão de obra infantil e em condições de semiescravidão.

Nióbio e tântalo, elementos importantes na indústria de eletrônicos, podem ser extraídos do Coltan (Imagem: Reprodução/ Click Petróleo e Gás)
Nióbio e tântalo, elementos importantes na indústria de eletrônicos, podem ser extraídos do Coltan (Imagem: Reprodução/ Click Petróleo e Gás)

As guerras constantes no país também são consequência da mineração, já que forças rebeldes se organizam para dominar a extração do Coltan desde sua descoberta, por volta dos anos 2000.

O Brasil também possui reservas de columbita e tantalita. Graças a elas, nosso país é o maior exportador de nióbio no mundo e o segundo maior no caso do tântalo.

É Coltan no vídeo?

O material que aparece no vídeo não foi confirmado, mas, pelo contexto da exploração do Coltan na República Democrática do Congo e sua aplicação comercial, o Coltan é o candidato mais provável.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: