O que se sabe de queda de arquibancada em tourada que matou 4 e deixou dezenas feridos na Colômbia

Arquibancada desaba em tourada na Colômbia
Registros do incidente mostram momento em que arquibancada desabou

Ao menos quatro pessoas morreram e dezenas ficaram feridas depois que uma arquibancada desabou durante uma tourada no centro da Colômbia, informou a mídia local.

Registros do incidente mostram quando a arquibancada de madeira cheia de espectadores caiu em um estádio no município de El Espinal, no departamento de Tolima. Pessoas são vistas fugindo em pânico.

A queda ocorreu no domingo (26/6) durante um evento tradicional de corraleja, quando o público é incentivado a entrar na arena para interagir com os touros e que faz parte das comemorações da popular festa de São Pedro e São João.

Entre os mortos estão duas mulheres, um homem e uma criança, disse o governador de Tolima, José Ricardo Orozco, e pelo menos 30 pessoas ficaram gravemente feridas.

Há temores de que o número de vítimas fatais seja maior.

Um touro escapou do estádio e causou pânico no município.

O conselheiro local Iván Ferney Rojas disse que o hospital e os serviços de ambulância da cidade não conseguiram lidar com o número de feridos, informou o jornal El Tiempo.

"Precisamos de apoio de ambulâncias e hospitais vizinhos, muitas pessoas ainda estão desacompanhadas", disse Rojas.

Tourada na Colômbia
Queda ocorreu durante um evento tradicional em que público é incentivado a entrar na arena para interagir com os touros

O presidente colobiano, Iván Duque, enviou uma mensagem às vítimas e anunciou uma investigação."Lamentamos a terrível tragédia registrada em El Espinal, durante as festividades de São Pedro e São João, devido ao desabamento em uma corraleja. Solicitaremos uma investigação dos fatos; pronta recuperação dos feridos e solidariedade aos famílias das vítimas", disse em suas redes sociais.

O presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, publicou uma mensagem em sua conta no Twitter junto com um vídeo que mostra o acidente visto do alto.

"Espero que todas as pessoas afetadas na arena de El Espinal consigam se recuperar", disse Petro. "Isso já havia acontecido antes em Sincelejo."

Sincelejo é uma cidade no norte do país onde em janeiro de 1980 um incidente parecido deixou 222 mortos e centenas de feridos.

Petro fez ainda um apelo: "Peço às prefeituras para não permitir mais espetáculos com a morte de pessoas e animais".

O governador de Tolima disse que irá proibir as corralejas por serem perigosas e cruéis com os animais.

- Texto originalmente publicado em http://bbc.co.uk/portuguese/internacional-61946429

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos