O que você precisa saber para começar a quarta-feira

Sequestro de ônibus no Rio de Janeiro foi o assunto que chocou o país no início da semana - Foto: Reprodução

O sequestro em plena Ponte Rio-Niterói mexeu com o país no começo dessa semana. Enquanto isso, no mundo político o presidente segue polemizando com a indicação de seu próprio filho para a embaixada brasileira nos EUA e teve candidato à presidência condenado.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO FLIPBOARD

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira (21):

Sequestro e seus desdobramentos

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou que os atiradores de elite que mataram o sequestrador que mantinha reféns em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, na manhã desta terça-feira (20), serão promovidos. O presidente Jair Bolsonaro celebrou o desfecho da operação, enquanto o pai de uma vítima consolou a mãe do jovem morto pela polícia.

Vai ser indicado?

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), aspirante a embaixador brasileiro em Washington, nos Estados Unidos, afirmou que sua indicação ao posto está mantida. Com passo apressado rumo a mais um gabinete no Senado Federal no meio da tarde, o filho do presidente da República disse que está “confiante” em sua indicação, mesmo após declarações relutados de seu pai.

Caixa dois

Fernando Haddad, candidato do PT às eleições presidenciais de 2018, foi condenado pela Justiça Eleitoral pelo crime de caixa dois. A sentença foi proferida na última segunda-feira (19). O petista foi condenado a 4 anos e 6 meses de reclusão. Cabe recurso da decisão.

Lista polêmica

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), divulgou uma lista de empréstimos concedidos a empresas e empresários para a compra de aeronaves particulares.

Aumento das queimadas

Com 72.843 focos de incêndio do início de janeiro até o início da semana, o Brasil já registra um aumento de 83% em relação ao mesmo período do ano ano passado, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a partir de imagens de satélite.