O que você precisa saber para começar a quinta-feira

Foto: REUTERS/Adriano Machado

Atrito entre Bolsonaro e PSL chega ao auge, ministros do governo têm dia difícil e reajuste do salário mínimo para 2020 é definido.

Confira o que você precisa saber para começar a quinta-feira (10):

Vai ou fica?

O presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “já está afastado” do PSL. Bolsonaro estaria decidido a deixar a sigla, mas busca ainda uma saída jurídica para desembarcar de vez do partido. O recado foi dado por ele a deputados e advogados em reunião no Palácio do Planalto.

Mais uma denúncia

Ministério Público Eleitoral pediu que a justiça abra um segundo inquérito contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), por suposta prática de caixa dois na eleições de 2018. Duas novas testemunhas se apresentaram justamente no dia em que houve o auge da tensão entre Jair Bolsonaro e o partido.

Ministro “homenageado”

Desde o início da crise dos incêndios na Amazônia, Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, tem sido um dos integrantes mais criticados do governo de Jair Bolsonaro. Em Brasília, ele foi alvo de um protesto inesperado. Salles participava de uma audiência pública na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, realizada na Câmara dos Deputados, quando um manifestante se dirigiu a sua mesa e entregou a ele um boneco. Tratava-se de um homem de terno segurando uma placa sobre uma árvore derrubada. Na base do “trofeu” estava escrito o nome do ministro.

Ministro criticado

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), eleito pelo PSL de Jair Bolsonaro, hoje se tornou um dos maiores críticos do presidente. O agora tucano publicou uma conversa entre ele e Bolsonaro na qual o presidente ataca Osmar Terra, ministro da Cidadania. Em seu perfil no twitter, Alexandre Frota revelou que ia arquitetar uma ‘força-tarefa’ para derrubar Bolsonaro.

Novo salário mínimo em 2020

O Congresso Nacional aprovou o projeto de LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2020 com salário mínimo reajustado somente pela inflação e despesas com custeio e investimentos no patamar mínimo histórico. A LDO define as prioridades para a LOA (Lei Orçamentária da União), o Orçamento da União. Depois de aprovado, o projeto volta ao Executivo para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Paraguaio prestigiado no Palmeiras

Pensando em ser campeão de algum torneio importante em 2019, o Verdão não aceitou propostas pelo zagueiro Gustavo Gomez que renderiam muito lucro ao clube. Confira quais foram os valores negados pelo clube no Blog do Nicola.