O que você precisa saber para começar a terça

Luiz Henrique Mandetta durante coletiva de imprensa no dia 3 de março de 2020 (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Brasil tem 553 mortes e 12.056 casos confirmados de Covid-19, Mandetta permanece como ministro da Saúde, Ministério da Saúde elabora plano de transição para fase mais branda de isolamento, São Paulo prevê 1,2 mil mortes no fim de semana e 100 mil em 6 meses, pelo menos 15 estados decidem manter quarentena em combate à Covid-19, Moro minimiza risco de caos social em função da crise provocada pelo coronavírus e primeiro-ministro do Reino Unido vai para a UTI com sintomas de Covid-19.

Confira o que você precisa saber para começar a terça, dia 7 de abril de 2020:

Brasil tem 553 mortes e 12.056 casos confirmados, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde atualizou para 553 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (6). Ao todo, também foram confirmados 12.056 casos da Covid-19 no país. A taxa de letalidade é de 4,6%. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

'Nós vamos continuar', diz Mandetta sobre permanência no cargo

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou sua permanência no cargo após ter sua demissão especulada, nesta segunda-feira (6). “Nós vamos continuar, por que continuando vamos enfrentar nosso inimigo. Nosso inimigo tem nome e sobrenome: Covid-19. (...) Médico não abandona paciente, e eu não vou abandonar”, repetiu o ministro. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ministério da Saúde elabora plano de transição para fase mais branda de isolamento

O Ministério da Saúde elaborou um plano de transição para uma fase mais branda de isolamento destinado a estados cuja quantidade de casos confirmados do coronavírus não tenha causado impacto severo no sistema de saúde. A mudança está programada para começar no dia 13 de abril. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

São Paulo prevê 1,2 mil mortes no fim de semana e 100 mil em 6 meses

O governo de São Paulo espera chegar até o próximo dia 13 com cerca de 1.250 mortes por coronavírus no estado. Atualmente, há registro de 275 mortes. A variação em uma semana seria de 372%. O governo João Doria (PSDB) também prevê que, mesmo com as restrições, registrará 111 mil mortes pelo novo coronavírus nos próximos meses, segundo um balanço apresentado nesta segunda-feira (6). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Pelo menos 15 estados decidem manter quarentena em combate à Covid-19

Assim como anunciou o governo de São Paulo nesta segunda-feira, pelo menos 15 governos estaduais decidiram prorrogar as regras de quarentena com restrição do funcionamento do comércio e de escolas. Governadores que chegaram a prometer flexibilização das medidas voltaram atrás e optaram pela manutenção do isolamento social como principal forma de combate ao novo coronavírus. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Moro minimiza risco de caos social em função da crise provocada pelo coronavírus

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou nesta segunda-feira que o medo de que a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus leve a uma onda de desabastecimento e consequentes distúrbios é infundado. Ele elogiou medidas adotadas pelo Ministério da Economia, como o estabelecimento de uma renda mínima de R$ 600 para trabalhadores informais, e minimizou a possibilidade de caos social. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Primeiro-ministro do Reino Unido vai para a UTI por coronavírus

Após dar entrada no hospital no fim de semana por causa de sintomas do novo coronavírus, o primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, precisou ser transferido para a unidade de tratamento intensivo (UTI) do Hospital St Thomas, em Londres, nesta segunda (6). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.