O que você precisa saber para começar o sábado

Bolsonaro usa uma cinta desde a cirurgia para correção da hérnia. (Foto: Reprodução/Twitter)

Para começar este sábado você precisa saber que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) passou por exames que asseguraram sua presença nos EUA para cúpula da ONU. E um dos apoiadores notórios do presidente, o empresário Luciano Hang, dono da rede Havan, explicou porque desistiu de ação no TSE.

O dia ainda foi marcado por mais fumaça de queimadas na Amazônia chegando no Sul e no Sudeste, além de alguma movimentação na Câmara e “desabafo” do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Confira o que você precisa saber para começar o sábado (21):

Exames asseguram viagem de Bolsonaro à cúpula da ONU

Exames realizados na manhã desta sexta-feira (20) garantiram a ida do presidente Jair Bolsonaro (PSL) à cúpula da ONU, em Nova York, na próxima semana. A bateria de exames foi realizada em um hospital particular de luxo, em Brasília (DF).

Dono da Havan desistiu de ação no TSE para evitar custo de viagem a Brasília

O empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, desistiu da recorrer da condenação de R$ 2.000 do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por propaganda eleitoral irregular em favor de Jair Bolsonaro para evitar gastos.

Fumaça de queimadas da Amazônia chegam ao Sudeste e Sul do Brasil

Ventos úmidos que sopram da Amazônia para as regiões Sul e Sudeste do país trouxeram fumaça de queimadas para cidades de São Paulo e Paraná. A “névoa” é proveniente de focos de incêndio no Cerrado, na região Amazônica e até de vizinhos como Bolívia e Peru.

Câmara já gastou mais de R$ 9 milhões com adicional noturno neste ano

De fevereiro a agosto deste ano, a Câmara dos Deputados já desembolsou R$ 9,3 milhões dos cofres públicos para pagar as chamadas Quotas de Sessão Noturna a funcionários de deputados que ficaram até mais tarde para acompanhar sessões da Câmara ou sessões conjuntas do Congresso.

Maia diz que ficou sem dormir após ataques de filhos de Bolsonaro: 'Eu sofria'

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) é tido como um dos políticos mais influentes do país. Apontado por alguns como o principal articulador para o prosseguimento da reforma da Previdência. Ainda assim, o parlamentar revelou que passou por momentos de angústia motivados pelos filhos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nas redes sociais.