O sol ficou completamente livre de manchas – Estaremos para entrar numa nova era glacial?

Não entre em pânico, mas o nosso sol simplesmente ficou ‘em branco’ — a ausência total de manchas deixou a superfície solar igual a uma bola de sinuca.

O fenômeno é parte dos ciclos solares — um sinal de que o “mínimo solar” (período de baixa atividade solar) está se aproximando — e os especialistas sugerem que uma nova “mini era do gelo” pode estar a caminho.

Paul Dorian, especialista em meteorologia do site Vencore Weather afirma: “Pela segunda vez este mês, o sol ficou completamente em branco.”

“O sol sem manchas é um sinal de que o mínimo solar está se aproximando e de que haverá um número crescente de dias sem manchas ao longo dos próximos anos.”

“No início, a ausência das manchas vai se estender por apenas alguns dias de cada vez, depois continuará por semanas de cada vez, e finalmente durará por meses, período em que o ciclo de manchas solares chegará ao seu ponto mais baixo. A próxima fase do mínimo solar está prevista para 2019 ou 2020.”

Alguns especialistas preveem que em breve poderemos entrar em outra fase do “Mínimo de Maunder” — uma mini Era Glacial similar à que começou em 1645.

Durante o “Mínimo de Maunder”, as temperaturas caíram tanto que o rio Tâmisa congelou.

A Professora Valentina Zharkova, da Universidade de Northumbria, prevê que haverá um declínio acentuado da atividade solar entre 2020 e 2050.

No ano passado, Zharkova declarou: “Estou absolutamente confiante em nossa pesquisa. Ela tem bom suporte matemático e dados confiáveis, que foram corretamente manipulados. De fato, os nossos resultados podem ser repetidos por qualquer investigador, usando os dados similares disponíveis em muitos observatórios solares, para que ele possa derivar sua própria evidência de um iminente “Mínimo de Maunder” no campo magnético solar e sua atividade.”

Blog de Rob Waugh no Yahoo