"O verdadeiro Mo Farah"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
"O verdadeiro Mo Farah"
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

É um ídolo para milhares de atletas no mundo. Quatro vezes campeão olímpico, nos 5.000 e 10.000 metros, quatro vezes campeão do mundo e seis vezes campeão da Europa, ganhou o título de Sir, depois de ser nomeado cavaleiro pela Rainha Isabel II.

Agora, Mo Farah vem contar a verdade. O seu nome é "Hussein Abdi Kahin". Nasceu na Somália e entrou com o nome de outra criança no Reino unido.

As revelações são feitas no documentário “O verdadeiro Mo Farah”, que vai ser transmitido esta quarta-feira na televisão britânica BBC.

O melhor atleta britânico de todos os tempos diz que foram os filhos que o encorajaram a assumir e revelar o seu passado.

Durante o documentário, conta que o pai foi morto a tiro quando tinha apenas 4 anos. Com nove embarcou para o Reino Unido, com o estatuto de refugiado, e com a promessa de ir viver com familiares, mas continuou a viver com uma mulher que não conhecia que lhe disse para “assumir” o nome Mohamed e lhe entregou os documentos falsos, que usou em toda a carreira no atletismo.

Mais tarde, contou a verdade ao um professor que o ajudou com o processo de candidatura à cidadania britânica, um longo processo que só terminou no ano 2000.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos