Combates matam 26 soldados sírios e nove jihadistas do EI na Síria

Cairo, 25 mar (EFE).- Pelo menos 26 soldados leais ao regime sírio e nove jihadistas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram no sábado em combates na província de Deir ez Zor (nordeste), informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG detalhou que os confrontos ocorreram nos arredores da cidade de Al Mayadin, no leste de Deir ez Zor, quando o EI atacou as forças governamentais com um carro-bomba.

No passado, Deir ez Zor foi uma das principais fortificações dos jihadistas na Síria, junto à vizinha província de Al Raqqa.

Atualmente, Deir ez Zor está dividida em zonas em poder do exército sírio e outras em mãos das Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias curdas e apoiadas pelos EUA, que controla território no leste da região.

O EI conserva dois redutos em Deir ez our, um no leste da província, em uma área limítrofe com o território iraquiano; e outra no oeste, em uma zona desértica limítrofe com a província síria de Homs. EFE