Obama rejeita oleoduto Keystone entre Canadá e EUA

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, rejeitou nesta sexta-feira a proposta de construção do oleoduto Keystone XL entre o Canadá e o Estado de Nebraska, mais de sete anos depois do controverso projeto ter sido apresentado. "O Departamento de Estado decidiu que o oleoduto Keystone XL não serviria aos interesses nacionais dos Estados Unidos. Eu concordo com esta decisão", disse Obama. O Keystone XL ligaria uma rede existente de oleodutos no Canadá com os Estados Unidos, levando petróleo sintético e betume diluído das areias betuminosas de Alberta para refinarias em Illinois e, eventualmente, até a costa do Golfo do México. A empresa canadense TransCanada Corporation, que pretendia construir o oleoduto, pediu em 2008 aprovação presidencial para o trecho que cruzaria a fronteira. (Por Roberta Rampton, Jeff Mason e Ayesha Rascoe)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos