Obra de Banksy leiloada para ajudar serviço de saúde britânico atinge valor recorde

O Globo
·2 minuto de leitura

Leiloada para levantar fundos para o Serviço Nacional de Saúde (NHS) britânico, uma obra de Banksy atingiu um valor recorde para a sua produção, nesta terça-feira. Maior nome da street art do mundo, o misterioso artista teve o desenho "Game changer" arrematado por 16,7 milhões de libras (cerca de U$ 23 milhões) na Christie's de Londres.

A obra tinha lance inicial entre 2,5 e 3,5 milhões de libras e acabou sendo adquirido por quase cinco vezes o montante, superando o recorde anterior de Banksy, de 9,9 milhões de libras por "Devolved parliament", em 2019.

"Game changer" retrata um menino que que descarta os bonecos do Batman e Superman e brinca com uma boneca de enfermeira que usa máscara e capa. O artista doou a obra ao Hospital Geral de Southampton em maio de 2020, com um bilhete de agradecimento aos funcionários do hospital por seu trabalho na luta contra o coronavírus: "Obrigado por tudo o que estão fazendo. Espero que alegre um pouco o lugar, mesmo que seja apenas em preto e branco".

Um vídeo compartilhado pelo Southampton Hospitals Charity no início do mês mostra os funcionários agradecendo a Banksy pela obra. "Significava muito que um artista de renome mundial desejasse doar uma obra ao nosso hospital", destacou a enfermeira Steph Gurney. Toda a arrecadação será destinada a organizações beneficentes de saúde pública britânica e o Hospital Geral de Southampton ficará com uma reprodução da obra.

Durante a pandemia, Banksy, cuja identidade é um dos maiores mistérios do universo das artes visuais, fez outras ações no espaço público. Em julho o ano passado, disfarçado de profissional de limpeza , ele pintou uma série de ratos usando máscara no metrô de Londres, incentivando incentivando as pessoas a adotarem o acessório. Em dezembro, ele confirmou a autenticidade do grafite "Aachoo!!" ("Atchim!!"), surgida na lateral de uma casa em Totterdown, subúrbio de Bristol.