Obra da ciclovia da Estrada do Rio Morto, que liga Recreio e Vargens, será retomada

·1 minuto de leitura

RIO — Uma reivindicação de mais de uma década dos moradores da região, a ciclovia da Avenida Vereador Alceu de Carvalho, conhecida como Estrada do Rio Morto, que liga o Recreio às Vargens, será finalmente concluída: a pedido do vereador Carlo Caiado (DEM), o orçamento necessário, de R$ 2,18 milhões, foi aprovado pelo prefeito Eduardo Paes no último dia 24. O edital está em fase de conclusão, e a previsão da Secretaria municipal de Meio Ambiente é que as obras tenham início ainda este ano.

Segundo a assessoria de Caiado, as intervenções devem começar em três meses e levarão 180 dias. A obra, iniciada em 2016, havia ficado pela metade: foi feita até a altura do trecho duplicado da Estrada Vereador Alceu de Carvalho. Depois, ao chegar ao início da da Estrada do Rio Morto, acabou interrompida.

Em 2015, o morador de Vargem Grande Rogério Appelt criou o movimento “Quero ir de bike até a praia”. Agora, ele comemora o anúncio da conclusão:

— A ciclovia vinha sendo executada como contrapartida ambiental de condomínios que estavam sendo construídos. Fizeram alguns trechos, mas nunca finalizaram. Na gestão anterior da prefeitura, nada foi feito, e nossa luta continuou.

Atropelamentos de ciclistas na Estrada do Rio Morto são uma preocupação constante — já houve vários acidentes. Na via, há uma escola municipal, e muitas crianças vão de bicicleta, correndo risco próximo aos carros.

—Vai ser uma tranquilidade para muitos pais. E também há muitos trabalhadores que se expõem indo das Vargens para o Recreio. Ali é bem perigoso; não recomendo a ninguém passar de bicicleta — opina Appelt.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos