Obras de reurbanização estão paralisadas no Jardim Imbuí, na Região Oceânica de Niterói

Moradores do bairro Jardim Imbuí, conhecido como Tibau, reclamam que as obras de drenagem e pavimentação iniciadas pela Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa), no mês passado, foram paralisadas no início deste mês porque o projeto tinha erros, informação que não é confirmada pela prefeitura.

Segurança: Câmara aprova que R$ 20 milhões do Niterói Presente sejam destinados ao Proeis

Crise dos ônibus: Tarifa sobe, mas empresas mantêm ações na Justiça contra prefeitura de Niterói

De acordo com moradores, funcionários contratados pela empresa terceirizada responsável pelas intervenções disseram que teriam que parar o trabalho porque seria necessário rever o projeto. Os vizinhos reclamam que ruas que estavam asfaltadas foram quebradas e estão piores do que antes das obras.

— A empresa foi contratada para fazer obras de drenagem e pavimentação aqui no Jardim Imbuí no início de janeiro, o que não aconteceu. Começaram em junho. Só que em julho, logo que começaram a trabalhar na primeira rua, pararam. Está tudo abandonado, com montanhas de terra e manilhas, as águas pluviais estão dando retorno para as ruas, e a administração regional não dá satisfação. Como se começa uma obra com um erro tão absurdo de projeto? —questiona o advogado Leonardo Honorato, que mora no local e protocolou uma representação no Ministério Público.

Em nota, a Emusa diz que a obra no Jardim Imbuí será retomada em agosto: “A paralisação foi necessária por causa da proximidade do Jardim Imbuí com a Lagoa de Piratininga e a variação de maré”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos