Observatório sírio diz que ataque aéreo mata pelo menos 15 pessoas perto de Raqqa

BEIRUTE (Reuters) - Um ataque aéreo atribuído a uma coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o Estado Islâmico matou 15 pessoas neste sábado, incluindo quatro crianças, em um vilarejo a oeste da localidade de Raqqa, controlada por jihadistas, afirmou o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Um porta-voz da coalizão liderada pelos Estados Unidos não pode ser contatado de imediato para comentar o assunto.

O ataque aéreo ocorreu em Hanida, a cerca de 30 quilômetros a oeste de Raqqa, afirmou o observatório.

(Por Tom Perry)