'Ocean Viking' resgata 85 migrantes e Richard Gere visita 'Open Arms'

Captura de imagem de um vídeo publicado pela ONG espanhola Proactiva Open Arms mostra o ator americano Richard Gere ao lado de migrantes

O "Ocean Viking", o novo navio das ONGs SOS Mediterranée e Médicos sem Fronteiras (MSF), resgatou 85 migrantes nesta sexta-feira (9), enquanto a embarcação "Open Arms" foi visitada pelo ator americano Richard Gere em solidariedade para com aqueles que cruzam o Mediterrâneo.

Em sua primeira missão, o "Ocean Viking", o navio humanitário de cor vermelha e de bandeira norueguesa, foi recebido com aplausos pelos migrantes.

No total, foram resgatadas 85 pessoas, incluindo cinco mulheres e quatro crianças.

O ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, reiterou a ordem para fechar os portos para os migrantes.

"A Itália não está legalmente vinculada, ou disposta a hospedar migrantes ilegais não identificados a bordo do 'Ocean Viking'", afirmou.

Salvini repetiu o mesmo discurso para os 121 migrantes bloqueados por uma semana a bordo do navio humanitário "Open Arms", que está diante da ilha italiana de Lampedusa.

Na madrugada deste sábado, o "Open Arms" resgatou em águas internacionais outras 39 pessoas, tuitou o fundador da ONG de mesmo nome, Oscar Camps.

Na sexta-feira, o ator americano Richard Gere embarcou no "Open Arms" para cumprimentar a tripulação e os migrantes, entre eles 30 menores de idade.

"Estamos aqui no navio 'Open Arms'. Trouxemos de Lampedusa o máximo de água e comida possível para todos a bordo", disse o ator em um vídeo em que está cercado por imigrantes e que foi divulgado pela ONG espanhola "Proactiva Open Arms".

"Todos estão bem", mas eles precisam "chegar a um porto livre, sair do navio e começar uma nova vida", insistiu o ator, que vai participar de uma coletiva de imprensa em Lampedusa na manhã de sábado.

"Espero que ele se bronzeie e aproveite", zombou Salvini ao se referir ao ator, aconselhando-o a levar os migrantes para Ibiza.

Pouco otimista quanto à reação lenta dos países europeus, a Proactiva Open Arms carregou seu veleiro Astral com provisões, até então atracado em Barcelona.

Esta embarcação deve partir da Espanha na noite desta sexta-feira para se unir ao "Open Arms", uma viagem que deve durar três dias.

A equipe do "Ocean Viking" também preparam os imigrantes para uma estadia que corre o risco de ser prolongada.