Ocidente condena Belarus por crise migratória, que ameaça cortar gás na Europa

Os membros ocidentais do Conselho de Segurança das Nações Unidas condenaram nesta quinta-feira Belarus, acusando o país de enviar migrantes para sua fronteira com a Polônia. A tensão cresce na política europeia e o presidente bielorrusso Alexander Lukashenko ameaçou suspender o fornecimento de gás natural para o continente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos