Ocidente declarou 'guerra total' à Rússia, diz Lavrov

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, disse nesta sexta-feira (27) que os países do Ocidente declararam "guerra total à Rússia e ao mundo russo".

"Ninguém esconde isso", disse o chanceler durante uma reunião do conselho de lideranças russas na sede do ministério, segundo a agência de notícias TASS. "A cultura de cancelamento da Rússia e de tudo relacionado ao nosso país chegou a um ponto absurdo."

Lavrov citou proibições e boicotes a obras de artistas russos, como Tchaikovski, Dostoievski, Tolstoi e Pushkin. O chanceler também tratou com ironia o que ele chamou de "belos slogans" apresentados pelo Ocidente após o fim da Guerra Fria. "Agora podemos ver o real valor dessas belas palavras."

Acerca da doação de armas feitas à Ucrânia, em especial as que podem atingir diretamente o território da Rússia, o chefe da diplomacia de Moscou disse que este é "um passo sério em direção a uma escalada inaceitável".

"Vê-se como os Estados Unidos e seus aliados estão dobrando, triplicando, quadruplicando seus esforços para conter nosso país, usando o mais amplo conjunto de ferramentas: de sanções econômicas unilaterais a propaganda totalmente falsa no espaço da mídia global", disse Lavrov.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos