Ocupação nas UTIs cai e isolamento permanece estável em SP

·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO/ SP, BRASIL,  06/05/2020. UTI de tratamento do coronavírus o COVID19 no hospital alemão Oswaldo Cruz. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 06/05/2020. UTI de tratamento do coronavírus o COVID19 no hospital alemão Oswaldo Cruz. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A taxa de ocupação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) dedicadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 segue diminuindo no estado de São Paulo, enquanto o índice de isolamento social permanece estável, segundo dados do governo paulista.

A lotação das UTIs está em 70,9% nesta terça-feira (6) no estado, e era de 75,4% há uma semana. Há 15 dias, esse número era de 78,9%.

Já na região metropolitana da capital a ocupação está em 65,3%, valor superior ao registrado terça passada, quando era 69,5%, e terça retrasada, com 74,7%.

O índice de isolamento social teve média de 40% nesta segunda (5). Na semana passada (28), houve uma leve variação, chegando a 39%, mas na semana anterior (21), o nível também ficou em 40%.

Nesta segunda, São Paulo confirmou o primeiro caso da variante delta do vírus da Covid-19. Segundo o governo municipal, foi um homem de 45 anos que está sendo monitorado. A Prefeitura vê indícios de que o paciente tenha sido infectado por transmissão comunitária.

Na capital paulista, o trânsito apresentou uma leve diminuição, segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Foram 57 km nesta segunda, contra 63 km na segunda passada e 64 km na anterior.

Já o número de veículos nas ruas apresentou pouca variação: cerca de 6,2 milhões circularam na segunda, 6,25 milhões na semana passada e 6,3 milhões há 15 dias.

O número de passageiros nos ônibus também permanece estável, segundo dados da SPTrans. Foram 1,9 milhão de pessoas nesta segunda, aproximadamente 1,88 milhão na semana passada e 1,87 milhão duas semanas atrás.

O estado de São Paulo tem mais de 3,8 milhões de casos confirmados de Covid-19 e 130.389 mortes pela doença. Foram registradas 714 mortes nesta terça. A taxa de letalidade segue em 3,4%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos