Oferecer suporte psicológico aos colaboradores ainda é desafio para empresas

·2 minuto de leitura
Close up african female sit on couch feels unhappy desperate thinking about personal difficulties mental health problems, 30s sad woman need psychological support goes through divorce break up concept
Segundo dados do Ministério da Economia, em 2020 foram 576,6 mil afastamentos por doenças mentais e invalidez, uma alta de 26%. (Getty Image)
  • Mais de metade dos profissionais de RH acreditam que saúde mental é um indicador para o setor

  • Apenas 2% das vagas publicadas em uma plataforma de recrutamento oferecem auxílio psicológico

  • Companhias perdem até 1 trilhão de dólares por ano ao não tratar depressão e ansiedade corretamente

Empresas são movidas por pessoas. Quando o time de colaboradores não está bem, a criatividade e a inovação também são afetadas, impactando diretamente na produtividade e na qualidade do trabalho produzido. Pensando nisso, o setor de recursos humanos das empresas estão cada vez mais atentos às demandas psicológicas dos funcionários.

Leia também:

Um levantamento realizado pela plataforma Gupy mostrou de 54% dos profissionais de RH acreditam que segurança psicológica será um dos principais indicadores de recursos humanos no futuro. Mesmo assim, um mapeamento mostrou que entre as 60 mil vagas publicadas mensalmente na plataforma, apenas 2% ofereciam benefícios como auxílio-terapia.

Das ações voltadas para o bem-estar dos trabalhadores, 49% são de auxílio mental, 26% oferecem horário flexível e 26% pagam seguro de saúde.

Pandemia e a piora nos índices de saúde mental

A crise sanitária mexeu com a cabeça das pessoas. Medo de ficar doente, receio de perder um ente querido, solidão durante isolamento social e luto foram alguns sentimentos mais comuns nos últimos 18 meses.

Durante a pandemia, 85% dos profissionais experimentaram episódios de burnout. O medo de perder um ente querido para a covi-19 assombrou 41% dos brasileiros e um terço das pessoas tiveram insônia e crises de ansiedade.

Desatentas ao cenário, 80% das empresas nunca fizeram uma avaliação sobre o bem-estar psicológico dos funcionários. O resultado? É estimado que as companhias perdem 1 trilhão de dólares por ano ao não tratar de depressão e ansiedade corretamente.

Ainda é um desafio trazer o assunto para a pauta nas corporações. Quase metade dos funcionários não se sentem à vontade para falar sobre saúde mental com o RH e 35% não confiam também nos outros colegas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos