Oito candidatos a premiê britânico enfrentam primeira votação

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Rishi Sunak durante lançamento de campanha à liderança do Partido Conservador britânico em Londres
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Michael Holden

LONDRES (Reuters) - Parlamentares conservadores votarão nesta quarta-feira para restringir a disputa entre oito candidatos que esperam suceder Boris Johnson como líder do partido e primeiro-ministro do Reino Unido, enquanto campos rivais trocam farpas em uma corrida cada vez mais turbulenta pela liderança da legenda.

Três dos 11 candidatos iniciais ao cargo de primeiro-ministro caíram na terça-feira depois de não conseguirem obter apoio suficiente de seus colegas, mas a disputa continua lotada.

O ex-ministro das Finanças Rishi Sunak é o favorito dos apostadores, e seu sucessor, Nadhim Zahawi, e a ministra das Relações Exteriores, Liz Truss, estão entre os candidatos restantes.

Figuras menos conhecidas, como a ex-ministra da Igualdade Kemi Badenoch e a ministra do Comércio, Penny Mordaunt, ganharam apoio notável de outros parlamentares e são populares entre os membros do partido, que decidirão o vencedor.

Na quarta-feira, os candidatos restantes terão que garantir 30 votos dos 358 deputados do partido para passar à próxima rodada de votação, enquanto o candidato com menos apoiadores será eliminado independentemente.

Quem vencer terá que reconstruir a confiança pública ferida por uma série de escândalos envolvendo Johnson, desde a quebra das regras do lockdown da Covid-19 até a nomeação de um parlamentar ao governo, apesar de Johnson ter sido informado sobre alegações de má conduta sexual.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos