Naufrágio entre Japão e Coreia do Sul deixa ao menos 2 mortos

O naufrágio de um navio cargueiro no sudoeste do Japão deixou pelo menos dois mortos e nove marinheiros continuam desaparecidos

O naufrágio de um navio cargueiro no sudoeste do Japão deixou pelo menos dois mortos e nove marinheiros continuam desaparecidos (AFP)
O naufrágio de um navio cargueiro no sudoeste do Japão deixou pelo menos dois mortos e nove marinheiros continuam desaparecidos (AFP)

O naufrágio de um navio cargueiro no sudoeste do Japão deixou pelo menos dois mortos e nove marinheiros continuam desaparecidos, de acordo com um novo balanço provisório da Guarda Costeira divulgado nesta quarta-feira (25), enquanto as buscas continuam.

Treze dos 22 tripulantes do "Jin Tian", um cargueiro registrado em Hong Kong que enviou uma mensagem de socorro na noite de terça-feira, foram resgatados, a maioria inconsciente.

A morte de dois deles foi confirmada por médicos, disse à AFP um oficial da Guarda Costeira japonesa.

"Nossas embarcações permanecerão na área e continuarão as buscas durante a noite", acrescentou.

A Guarda Costeira do Japão e da Coreia do Sul, os militares japoneses e várias embarcações comerciais na área participam das operações de busca e resgate.

O navio Jin Tian, um cargueiro de 6.651 toneladas registrado em Hong Kong, emitiu um pedido de socorro na noite de terça-feira, quando estava 110 km a oeste das remotas ilhas Danjo, no sudoeste do Japão, disse a Guarda Costeira deste país.

A tripulação a bordo incluía 14 chineses e oito birmaneses, disse a Guarda Costeira japonesa.

O acidente ocorreu quando uma frente fria atingiu grande parte do Japão, com forte nevasca em algumas áreas e temperaturas de 3 ºC durante o dia próximo ao local do resgate.

Em 2020, um navio de carga com 43 tripulantes e 6.000 cabeças de gado naufragou perto do sudoeste do Japão após encontrar um tufão. Dois tripulantes sobreviveram.