Oito em cada dez vítimas de feminicídio foram mortas por marido, namorados ou ex-companheiros

No ano passado, o estado do Rio registrou 78 mortes enquadradas no crime de feminicídio, de acordo com o Dossiê Mulher, do Instituto de Segurança Pública (ISP). Cerca de 20% (15) delas ocorreram na presença dos filhos.

Do total de mulheres vítimas, 52 eram mães, e mais da metade tinha entre 30 e 59 anos. A maioria já tinha sofrido algum tipo de violência não registrada.

Os companheiros ou ex-companheiros representam grande parte dos autores dos crimes — 78,2%. Para 27 homicidas, a motivação do assassinato foi uma briga. Outros 20 apontaram o término do relacionamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos