Oito imigrantes são encontrados mortos em barco perto das Ilhas Canárias

·1 min de leitura

Por Borja Suarez

ARGUINEGUIN, Espanha (Reuters) - A guarda costeira da Espanha encontrou os corpos de oito imigrantes africanos em um barco à deriva no mar na costa da ilha de Gran Canária no domingo, disse o governo das Ilhas Canárias.

Sessenta e dois imigrantes, todos homens com exceção de um menino de 12 anos, foram resgatados pela guarda costeira.

Três pessoas foram levadas de helicópteros a um hospital em Gran Canaria. Outras nove foram tratadas pela guarda costeira espanhola ao serem levadas para a ilha.

O barco com os imigrantes ficou à deriva no Atlântico por cerca de uma semana, disseram neste domingo os serviços de emergência das Ilhas Canárias.

Mais de 13.100 imigrantes fizeram a perigosa viagem da África Ocidental para o arquipélago de Canárias entre janeiro e 30 de setembro deste ano, segundo dados do governo espanhol, mais do que o dobro no mesmo período de 2020.

(Reportagem de Graham Keeley; reportagem adicional de Borja Suarez e Elena Rodriguez)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos