Olaf Scholz quer Plano Marshall para a Ucrânia

A reconstrução do país custará muitos milhares de milhões de euros e durará várias gerações, pelo que é necessário um Plano Marshall para a Ucrânia. Olaf Scholz lembrou o plano dos Estados Unidos para ajudar a reconstruir a Europa após a Segunda Guerra Mundial para apelar à união da comunidade internacional.

O chanceler da Alemanha deixou ainda uma promessa, Kiev terá sempre uma palavra a dizer sobre o seufuturo:

Só a Ucrânia que decide o que é melhor para si nas possíveis negociações com a Rússia. Nada sobre a Ucrânia sem a Ucrânia

Scholz lamentou que as neociações entre os dois países estivessem muito distantes "porque Putin ainda acredita que pode ditar a paz" e sublinhou a importância de manter as sanções a Moscovo e de coordenar a ajudar financeira e militar a Kiev.

Esta semana, a Ucrânia confirmou que recebeu finalmente os obuses que tinham sido prometidos pela Alemanha, Berlim, por sua vez, tornou pública a lista de todo o material militar enviado para as forças ucranianas desde o início da guerra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos