Olavo de Carvalho apaga 52 vídeos com ataques a imprensa e ex-aliados

·2 min de leitura

O ideólogo de direita Olavo de Carvalho apagou nesta quarta-feira pelo menos 52 vídeos do seu canal oficial na plataforma do Youtube. Entre os conteúdos apagados estão ataques contra a imprensa, o ex-ministro Carlos Alberto Santos Cruz e deputados federais como Alexandre Frota e Joice Hasselmann.

O levantamento foi feito pelo programador Guilherme Felitti, fundador da Novelo Data, empresa de análise de dados digitais, que monitora páginas de extrema direita na rede social desde as eleições de 2018.

— É a maior limpeza de vídeos que Olavo já promoveu no seu canal — afirma Felitti.

Desde que começaram as investigações do Supremo Tribunal Federal (STF) e da CPMI das Fake News, diversos canais bolsonaristas passaram a excluir conteúdo de suas plataformas.

Entre os que deletaram material anteriormente estão investigados no inquérito das fake news do STF, como o blogueiro Allan dos Santos, do site Terça Livre. O material inclui conteúdo negacionista sobre a Covid-19 e, claro, ataques contra o Supremo.

A página de Santos removeu vídeos intitulados como "Segunda onda: querem sacrificar o seu Natal", "Vachina: Anvisa quer ajudar Doria?", "Para o STF, eles mandam no Brasil" e "Absurdo: Alexandre de Moraes insiste em derrubar Bolsonaro".

Fernando Lisboa, alvo da PF em inquérito que apura a organização de atos antidemocráticos, foi mais um a ter feito uma limpeza em seu canal.

Um dos vídeos retirados do ar defendia as acusações sem prova de Jair Bolsonaro de que houve fraudes nas eleições, centrava fogo no STF e dizia que Lula voltaria a ser preso, o que também não aconteceu.

O título da gravação era "Bolsonaro vai ter fraude - STF em crise total e Lula retorna a prisão".

Durante uma live ao lado dos ex-ministros Ricardo Salles e Abraham Weintraub, na terça-feira, Olavo disse que o presidente e usou como poster boy" para "se promover e se eleger" e que considera que "a briga já está perdida".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos