Olavo de Carvalho aproveita alta para voltar aos EUA e evitar depor

·1 min de leitura
Brazilian writer Olavo de Carvalho arrives for the showing of a documentary on the government of Brazilian President Jair Bolsonaro in Washington, U.S.,  March 16, 2019.      REUTERS/Joshua Roberts
Foto: REUTERS/Joshua Roberts
  • Bolsonarista vive no estado da Virgínia

  • Ele é investigado pelo MP por suposto favorecimento na fila do SUS

  • 'Eu não ia ficar sentado esperando que eles me convoquem algum dia'

Olavo de Carvalho voltou à Virgínia, estado onde mora nos Estados Unidos. Ele aproveitou sua alta de sua quarta hospitalização em 2021 para voltar para casa rapidamente, antes que fosse convocado para depor no caso que investiga se ele foi favorecido por seu médico na fila do SUS.

“Eu não ia ficar sentado esperando que eles me convoquem algum dia. Se apareceu a oportunidade de ir embora, vamos embora”, afirmou o guru bolsonarista, que disse ter recebido a oferta de um “voo repentino”.

Olavo retornou ao Brasil em julho para passar por um tratamento médico. Ficou internado no hospital público InCor, em São Paulo. Agora, o Ministério Público de São Paulo investiga se houve alguma irregularidade na internação.

Em um vídeo postado em seu canal no YouTube, o bolsonarista lamenta que não pode se despedir de nenhum dos médicos que o atenderam durante os quatro meses de internação. Ele agradeceu ao hospital público e ao particular, no qual ficou durante um mês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos