Olavo de Carvalho sugere ‘quebrar as pernas’ de bilionários

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Olavo de Carvalho. (Foto: JOSHUA ROBERTS/REUTERS)
Olavo de Carvalho. (Foto: JOSHUA ROBERTS/REUTERS)

O escritor e influenciador online Olavo de Carvalho, considerado “líder intelectual” da extrema-direita no Brasil e uma espécie de conselheiro do presidente Jair Bolsonaro e de seus filhos, saiu em ataque frontal contra os “capitalistas” e “bilionários” que, nas suas palavras, estão “destruindo a democracia”, promovendo a censura e impedindo a liberdade de expressão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Aparentemente, o rompante de Olavo é uma resposta às notícias de que os perfis do presidente Donald Trump no Facebook e Twitter foram bloqueados após Trump ter convocado manifestações violentas que resultaram na invasão do Capitólio americano.

Leia também:

Em um post, Olavo evoca o economista austríaco Joseph Schumpeter, que previu em sua obra que o capitalismo seria destruído pelo seu próprio sucesso, e pela classe intelectual resultante dele.

“Cumpriu-se a profecia do Schumpeter: quem iria destruir as democracias capitalistas não seriam os proletários, mas os capitalistas”, escreveu Olavo.

Ele foi adiante, xingando Mark Zuckerberg, fundador e atual executivo-chefe do Facebook: “O Fuckerberger não apenas veta as nossas opiniões, mas nos impõe as dele, em posts que não podemos remover. É censor e editor, livre de qualquer responsabilidade jurídica pelo que faz. É a ditadura dos bilionários cínicos ou não é?”

A solução proposta pelo escritor? “Quebrar as pernas dos bilionários”. Na postagem, ele não explica se a ideia é fazer isso de forma metafórica ou literal.

“A mais importante lição do Putin, que o Trump e o Bolsonaro jamais aprenderam: EM PRIMEIRO LUGAR, ANTES DE TUDO, QUEBRAR AS PERNAS DOS BILIONÁRIOS”, escreveu.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube