De olho no caixa, Atlético-MG e Palmeiras iniciam busca por vaga na semi da Libertadores

Um ano após protagonizarem uma semifinal eletrizante, vencida pelos paulistas, Atlético-MG e Palmeiras se reencontram num mata-mata da Libertadores, em disputa que obrigará quem ficar pelo caminho a buscar novas fontes de receita. E isso pode incluir a venda de mais jogadores, pensando em equilibrar as finanças até o fim de 2022. Esse será o desafio do clube que não passar das quartas de final do torneio sul-americano, que terão início hoje, às 21h30, no Mineirão.

Ao deixar de faturar alto por não ir tão longe na disputa, um dos dois precisará se dedicar apenas ao Brasileirão, já que ambas as equipes já foram eliminadas na Copa do Brasil. A queda precoce no torneio já levou à perda de uma possível premiação de R$ 57 milhões. Ir além no desempenho em uma competição vai compensar o prejuízo da outra, até por que as cifras são bem semelhantes. Até agora, os dois clubes já faturaram cerca de R$ 29 milhões na Libertadores. A vaga na próxima fase garante ao time classificado mais R$ 10 milhões.

Com premiações e bilheteria, o Atlético-MG esperava arrecadar R$ 163,6 milhões nesta temporada. Deste total, R$ 60 milhões já foram atingidos. Com sócio-torcedor e bilheteria,o clube já embolsou R$ 31m5 milhões dos R$ 83 milhões esperados. A venda de jogadores é a fatia mais significativa, cerca de R$ 147 milhões, superando em R$7 milhões a meta prevista no início do ano.

Dentro do projeto financeiro em curso, a meta de receita com as negociações já foi batida, mas o fluxo de caixa segue apertado, e não há recursos para novos investimentos. Há, sim, projeção de novas vendas no fim do ano. Por isso o desempenho esportivo é tão importante com o grupo atual, agora sob o comando do técnico Cuca.

Se o Brasileirão terminasse hoje, o Atlético, em sétimo, lucraria um valor na casa de R$ 23 milhões. Ou seja, ainda precisaria garantir, pelo menos, o seu espaço na semifinal do torneio continental para tentar compensar o dinheiro não arrecadado da premiação da Copa do Brasil.

Em situação mais propícia, o Palmeiras quer manter a hegemonia do trabalho do português Abel Ferreira. Liderando a tabela do Brasileirão e com 98,9% de chance de conseguir a vaga para a Libertadores, de acordo com a Bola de Cristal do Brasileirão, o clube arrecadaria ao menos mais R$ 33 milhões da CBF se conquistar o título.

Abel resistiu à venda de mais jogadores, mas depois de negociar Gabriel Verón com o Porto, a equipe bateu com sobras a meta de receita com as negociações para 2022, que é de R$ 133 milhões. Ainda assim, pode terminar a temporada com outras saídas, entre jovens e atletas mais rodados.

O fluxo de caixa do Palmeiras foi abalado em função de negociações do período mais crítico da pandemia, e é necessário ir além da previsão orçamentária de avançar até as quartas de final da Libertadores. Assim como no rival, ir uma fase adiante compensa as perdas financeiras da eliminação na Copa do Brasil.

Rony fora

Após um superávit de R$ 123,4 milhões em 2021, o Palmeiras projetou 2022 com a necessidade de chegar apenas a R$ 14 milhões. Orçou a ida às quartas dos dois torneios eliminatórios, e terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros.

Para conseguir a classificação, o Atlético-MG confia em sua principal peça na temporada de 2021. Hulk precisará quebrar o jejum de quase um mês sem marcar, tendo anotado seu último gol na vitória contra o Emelec, em 5 de julho. A queda de rendimento do atacante se reflete no mau momento do time em campo — o Galo não vence há três partidas no Brasileiro.

Do outro lado, o Palmeiras não vai poder contar com Rony, que passa por recondicionamento físico após lesão na coxa esquerda. Com quatro gols no Brasileirão e mais três na Libertadores, Gustavo Scarpa vem sendo o principal nome do time nos úlimos jogos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos