Olimpíadas: Conheça as principais arenas de Tóquio

·3 minuto de leitura
This picture shows a general view of the National Stadium, the venue for Tokyo 2020 Olympic Games athletics and para-athletics events during a para-athletics test event in Tokyo on May 11, 2021. (Photo by Behrouz MEHRI / AFP) (Photo by BEHROUZ MEHRI/AFP via Getty Images)
Antigo Estádio Nacional foi demolido para dar espaço ao novo Estádio Nacional (BEHROUZ MEHRI/AFP via Getty Images)

Por: Ricardo Assis @RicardoWAAssis

Faltam só dois meses para as Olimpíadas do Japão! Você já sabe quais são os principais complexos esportivos de Tokyo? Os Jogos serão realizados em 33 arenas, e 11 delas foram construídos especialmente para as Olimpíadas. Separamos algumas curiosidades sobre elas, confira abaixo!

Estádio Nacional de Tóquio (Japan National Stadium)

O maior estádio e símbolo dos Jogos é o novo Estádio Nacional de Tóquio, construído no mesmo terreno do antigo Estádio Nacional, que sediou os jogos de 1964 e foi demolido em 2015. A reconstrução, que custou cerca de USD 1,5 bilhões, modernizou o estádio e ampliou sua capacidade de 48 mil para 68 mil lugares. 

Leia também:

O local, assinado pelo famoso arquiteto japonês Kengo Kuma, conta com um revestimento externo de bambu e um jardim vertical em sua fachada. O estádio sediará as cerimônias de abertura e encerramento, as competições de atletismo e a final feminina de futebol.

Ginásio Nacional Yoyogi

A general view shows the Yoyogi National Stadium, a venue for handball, badminton and wheelchair rugby in Tokyo 2020 Olympic and Paralympic Games, in Tokyo on April 3, 2021. (Photo by Philip FONG / AFP) (Photo by PHILIP FONG/AFP via Getty Images)
Ginásio Nacional de Yoyogi, a casa do handebol e do badminton nas Olimpíadas e o rúgbi de cadeira de rodas nas Paralímpiadas (PHILIP FONG/AFP via Getty Images)

Construído originalmente para sediar os eventos aquáticos das Olimpíadas de 1964, o Ginásio dessa vez vai ser a casa dos jogos de handebol. Assinado por Tange Kenzo, é um dos símbolos da arquitetura da cidade.

Nippon Budokan

This picture shows the Nippon Budokan, venue for the judo and karate events, 100 days till the start of the Tokyo 2020 Olympic Games in Tokyo on April 14, 2021. (Photo by Kazuhiro NOGI / AFP) (Photo by KAZUHIRO NOGI/AFP via Getty Images)
Nippon Budokan, casa de judô e caratê nos Jogos (KAZUHIRO NOGI/AFP via Getty Images)

O lendário Budokan também foi construído para os Jogos de 1964, e é conhecido por ter sido palco de grandes concertos musicais. Muitas bandas famosas tocaram por lá, como: Queen, Red Hot Chili Peppers, Queen, Kiss, Deep Purple, Bob Dylan, Iron Maiden, Ozzy Osbourne e Oasis. Ah, e os tais dos Beatles fizeram sua primeira aparição no Japão por lá também...

Além de eventos musicais, o ginásio também sediou uma luta entre Muhammad Ali e Antonio Inoki. O Budokan vai ser a casa do Judô e do estreante karatê nas Olimpíadas de 2021.

Estádio Internacional de Yokohama

YOKOHAMA, JAPAN - OCTOBER 26: A general view of International Stadium Yokohama during the Rugby World Cup 2019 Semi-Final match between England and New Zealand at International Stadium Yokohama on October 26, 2019 in Yokohama, Kanagawa, Japan. (Photo by Francois Nel - World Rugby/World Rugby via Getty Images)
Estádio Internacional de Yokohoma foi palco das finais da Copa do Mundo de Futebol em 2002 e da Copa do Mundo de Rúbgi de 2019 (Francois Nel - World Rugby/World Rugby via Getty Images)

Construído em 1998, o Estádio Internacional de Yokohama virou sinônimo de sucesso para o Brasil no futebol. Em menos de 25 anos de vida, o estádio foi palco do pentacampeonato do Brasil em 2002 em cima da Alemanha e dos triunfos de São Paulo, Internacional e Corinthians no Mundial de Clubes. Nos Jogos de 2021, será o principal palco do futebol e local da final masculina. Será que vem mais título por aí?

O estádio também foi palco da final da Copa do Mundo de outro esporte, o rúgbi, em 2019, quando a África do Sul bateu a Inglaterra para conquistar seu terceiro título mundial.

Centro Aquático de Tóquio

An exterior view of Tokyo Aquatics Center, the venue for Tokyo 2020 Olympic and Paralympic Games swimming events, in Tokyo, Japan, 21 November 2019. The aquatic center is scheduled to be completed in February 2020. 

 (Photo by Alessandro Di Ciommo/NurPhoto via Getty Images)
Fechada do Centro Aquático de Tóqui durante a construção em 2019 (Alessandro Di Ciommo/NurPhoto via Getty Images)

Construído especialmente para os Jogos de 2021, o complexo será a casa dos esportes aquáticos. Entregue em 24 de outubro de 2020, o estádio sofreu sete meses de atraso por conta da pandemia. Com capacidade para 15 mil espectadores, o Centro Aquático conta com tecnologia de ponta em suas piscinas, dando uma flexibilidade incrível a elas. Tanto a piscina principal como a secundária são modulares, com paredes e chão móveis. A profundidade também pode ser aumentada ou diminuída em até 3 metros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos