OMS considera um erro qualificar a ômicron de "leve" e alerta sobre novas variantes

·2 min de leitura

A variante ômicron do coronavírus está matando pessoas ao redor do mundo e, por isso, não deveria ser qualificada como "leve", afirmou nesta quinta-feira (6) a Organização Mundial da Saúde (OMS). O diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, lembrou que o alto número de casos provocados pela ômicron, mais contagiosa do que a variante anterior, delta, tem pressionado os hospitais.

"Embora a ômicron pareça menos grave em comparação com a delta, especialmente para as pessoas vacinadas, não significa que deva ser classificada como leve", disse o diretor da OMS em coletiva de imprensa. "Assim como as variantes anteriores, a ômicron causa hospitalizações e está matando pessoas", insistiu, acrescentando que o aumento exponencial dos contágios "está sobrecarregando os sistemas de saúde em todo o mundo".

Na semana passada, foram notificados à OMS cerca de 9,5 milhões de novos contágios pela Covid-19, um recorde. A cifra aumentou 71% em relação à semana anterior. No entanto, o diretor da OMS lembra que a cifra real provavelmente é superior.

Ele também aproveitou seu primeiro discurso de 2022 para criticar a forma como os países ricos monopolizaram as doses de vacinas disponíveis no ano passado, afirmando que se criou "um caldo de cultura perfeito para o aparecimento de variantes do vírus".

Concentração de vacinas é ideal para novas variantes

É "muito pouco provável que a ômicron seja a última variante de que se ouve falar, não será a última variante preocupante", alertou, por sua vez, a diretora técnica encarregada da Covid-19 na OMS, Maria Van Kerkhove. Esta tese tem sido evocada por autoridades da área da saúde.

Com informações da AFP


Leia mais

Leia também:
Ômicron faz Paris declarar estado de emergência sanitária na Guiana Francesa, na fronteira com Brasil
África do Sul anuncia ter superado pico da onda provocada pela variante ômicron
Brasil: 2022 começa em alerta por causa de ômicron, gripe e dengue

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos