OMS faz apelo ao mundo para continuar usando vacina da AstraZeneca

Emma Farge
·1 minuto de leitura
Tedros Adhanom Ghebreyesus em Genebra

Por Emma Farge

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um apelo nesta sexta-feira ao mundo para continuar usando a vacina contra Covid-19 da AstraZeneca, acrescentando seu endosso ao das agências reguladoras europeia e britânica em reação a casos de coágulos sanguíneos.

"Exortamos os países a continuarem usando este vacina contra Covid-19 importante", disse o diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma coletiva de imprensa em Genebra.

Ele falava depois de a comissão de segurança de vacinas da entidade global dizer que os dados disponíveis da vacina da AstraZeneca não apontaram um aumento geral de problemas de coagulação.

As agências reguladoras europeia e britânica também disseram nesta semana que os benefícios da vacina da AstraZeneca superam os riscos, o que levou várias nações a reverterem suas suspensões.

"A vacina da AstraZeneca é especialmente importante porque representa mais de 90% das vacinas sendo distribuídas através do Covax", acrescentou Tedros, referindo-se ao um esquema global de compartilhamento de vacinas liderado pela OMS.

"Não há dúvida. A Covid-19 é uma doença fatal, e a vacina Oxford-AstraZeneca pode evitá-la. Também é importante lembrar que a própria Covid-19 pode causar coágulos sanguíneos e contagem baixa de plaquetas".

A comissão de segurança de vacinas da OMS disse em um comunicado que a vacina da AstraZeneca tem um "perfil benefício-risco positivo" e um "potencial tremendo" para evitar infecções e diminuir mortes.

(Por Michael Shields, Emma Farge e Stephanie Nebehay)