OMS pede cautela sobre fim da obrigatoriedade de máscaras para pessoas vacinadas

·1 minuto de leitura
Pedestres usando máscaras em Singapura em meio à pandemia de Covid-19

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta sexta-feira que condições locais precisam ser levadas em conta caso um país esteja considerando permitir que pessoas vacinadas não usem máscaras em público.

"No caso de um país que deseja retirar a obrigatoriedade da máscara... isso só deve ser feito no contexto de considerar tanto a intensidade de transmissão na área como o nível de cobertura vacinal", disse o principal especialista em emergências da OMS, Mike Ryan, durante uma conferência virtual em Genebra.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), informou na quinta-feira que pessoas totalmente vacinadas não precisam mais usar máscaras ao ar livre e podem evitar usá-las em ambientes fechados na maioria dos lugares.

(Por Emma Farge em Genebra e Michael Shields e John Miller em Zurique)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2838))

REUTERS PVB AC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos