Onda de calor leva a temperatura recorde em França

O verão ainda não chegou mas o sol já queima. A onda de calor que atravessa a Europa faz-se sentir particularmente em França, onde esta quarta-feira a temperatura atingiu os 40 graus Celsius, o que nunca tinha acontecido em meados de junho, provocando mesmo algumas perturbações no setor ferroviário.

O responsável pelas infraestruturas dos caminhos-de-ferro franceses, Thierry Rose, explica que "o elevado calor leva a problemas causados pela dilatação de carris e catenárias e que como as temperaturas a nível do solo atingem os 45 graus, é preciso limitar a velocidade de circulação".

Em Espanha, o calor está ligado à história de Gonchar, pequena aldeia na Andaluzia que no início do século tinha uma centena de habitantes. Entretanto, a pouca água que havia secou e restam menos de dez pessoas.

David Dene é um dos resistentes, lembra que se encontram "no deserto de Tabernas, único na Europa ocidental, e por isso estão habituados a viver com pouca água, mas avisa que nada nem ninguém pode viver sem água".

De acordo com o Ministério da Transição Ecológica de Espanha, 74% do território espanhol está em risco de desertificação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos