Onda de calor mantém estado de alerta em França e Portugal

A onda de calor continua a dar que fazer aos bombeiros franceses.

Quatro feridos, um deles em estado grave, foi o balanço de um incêndio na região de Gard contido ao final de domingo.

As chamas teriam destruído pelo menos 370 hectares de pinhal.

Em Portugal continental, cerca de 1,200 profissionais combatiam às primeiras horas da madrugada quatro grandes incêndios.

Ainda no domingo, o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, adiantou que o estado de alerta especial vermelho entrará em vigor na terça-feira nos distritos de Vila Real, Bragança, Guarda e Viseu.

De Janeiro até à semana passada, foram registados mais de 6.700 incêndios em Portugal, queimando 56.000 hectares (mais do dobro do total do ano passado), e a polícia prendeu mais de 50 pessoas relacionadas com os incêndios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos