Onda de calor na Europa alimenta incêndios florestais de Portugal à Croácia

Portugal recorre a avião para ajudar a conter incêndio florestal em Leiria

Por Catarina Demony e Antonio Bronic

LEIRIA, Portugal/RASLINA, Croácia (Reuters) - Incêndios florestais se alastravam em Portugal, Espanha, França e Croácia nesta quinta-feira, queimando casas e ameaçando os meios de subsistência, enquanto a Europa cozinha em uma onda de calor que elevou as temperaturas a mais de 40 graus Celsius em alguns locais.

Países do sul da Europa --passando pela segunda onda de calor em dois meses-- estão sendo atingidos por uma série de incêndios florestais ao longo das últimas semanas.

No distrito de Leiria, na região central de Portugal, bombeiros exaustos lutavam para controlar as chamas atiçadas por fortes ventos. Imagens do local na quarta-feira mostravam a fumaça escurecendo o céu e ondulando em uma rodovia, enquanto as chamas lambiam os telhados das casas em uma pequena vila.

No outro lado da fronteira, no oeste da Espanha, um incêndio que começou na região de Extremadura na terça-feira avançou à província de Salamanca na região de Castela e Leão, forçando a retirada de 49 crianças de um acampamento de verão nesta quinta-feira.

Autoridades regionais dizem que mais de 4.000 hectares de terra foram queimados.

Na Costa Adriática da Croácia, aviões dos bombeiros voaram baixo para despejar água em florestas pegando fogo e soldados foram convocados para ajudar os bombeiros a conter três grandes incêndios florestais em torno de Zadar e Sibenik.

(Reportagem adicional de Emma Pinedo em Madri e Reuters TV)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos