Onda de frio deve se espalhar pelo país, com chance de neve no sul do país

*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL.- 30.07.2021 - Tendas e abrigos para moradores de rua se abrigarem do frio. Os locais oferecem cobertores, bebidas quentes e sopas. Tenda no Largo da Concordia. Varios moradores de rua montam nos camonhos do largo. Muitos deles não gostam de passar a noite em abrigos e preferem dormir na rua - (foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL.- 30.07.2021 - Tendas e abrigos para moradores de rua se abrigarem do frio. Os locais oferecem cobertores, bebidas quentes e sopas. Tenda no Largo da Concordia. Varios moradores de rua montam nos camonhos do largo. Muitos deles não gostam de passar a noite em abrigos e preferem dormir na rua - (foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Uma frente fria que se aproxima do Brasil vai derrubar as temperaturas em várias regiões, com efeitos sentidos principalmente na próxima semana. São esperadas geadas em estados do Sudeste e Centro-Oeste e há possibilidade de neve para alguns municípios do Sul.

A sexta-feira (13) será marcada pelo frio intenso, que deve resultar em geadas nas regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Essas condições seguirão para o fim de semana, que contará também com grandes volumes de chuvas em grande parte do sul do país.

De acordo com o Climatempo, o território brasileiro também sentirá o aumento da umidade provocada por um ciclone extratropical que ficará estacionado no Oceano Atlântico por alguns dias. Além disso, está prevista a chegada de uma massa de ar polar que vai reforçar o frio, principalmente entre os dias 17 e 19 de maio.

A semana seguinte pode ser desafiadora para os gaúchos e catarinenses, pois há possibilidade de neve em muitos municípios serranos. O fenômeno se resultará da fusão da massa de ar frio esperada para a região com a umidade gerada pelo ciclone no oceano. Os moradores desses locais devem sentir a mudança radical na temperatura a partir de terça-feira (17).

Os mineiros e os paulistas dificilmente escaparão do frio. Há possibilidade de geadas também no sul de Minas Gerais, especialmente na Serra da Mantiqueira, em alguns pontos de São Paulo e no Mato Grosso do Sul. Nesse ritmo, as ondas de frio se espalharão entre o Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Nessas regiões, os termômetros poderão cair em torno de 10°C, deixando muitas capitais em alerta para possíveis marcas de menor temperatura do ano.

No caso da cidade de São Paulo, a semana começou com uma amplitude térmica de 9ºC e deve se manter nesta faixa até o fim de semana, com baixas temperaturas pelas manhãs e elevação a partir das tardes. No entanto, a partir de hoje, o cenário muda, com mínimas em torno de 15ºC e máximas em 21ºC, com céu nublado, ar úmido e possibilidade de chuvas isoladas.

A maior mudança nos próximos dias acontece de terça-feira (17), com temperaturas de 16ºC a 21ºC, para quarta-feira, com a menor mínima da semana, de 7ºC - e máxima de apenas 17ºC.

As temperaturas mínimas nas cidades de Belo Horizonte e Rio de Janeiro foram as mais baixas deste ano até o momento, com 14,8ºC e 14,4ºC respectivamente, informou o Climatempo. A tendência é de frio intenso durante as próximas noites e madrugadas.

Na madrugada do dia 17, as temperaturas podem ficar abaixo de 12ºC no Sul, com grande chance de chegarem a níveis negativos no Planalto Sul do Paraná e nas serras Gaúcha e Catarinense, informou o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

O frio também alcançará o Acre e Rondônia, que poderão registrar novos episódios de friagem para os estados.

Veja a previsão na capital paulista para os próximos dias:

- Sexta-feira, 13: entre 15ºC e 23ºC.

- Sábado, 14: entre 15ºC e 26ºC.

- Domingo, 15: 16ºC e 22ºC.

- Segunda-feira, 16: 15º e 20ºC.

- Terça-feira, 17: 16ºC e 21ºC.

- Quarta-feira, 18: 7ºC e 17ºC.

- Quinta-feira, 19: 8ºC e 19ºC.

- Sexta-feira, 20: 11ºC e 19ºC.

- Sábado, 21: 9ºC e 17ºC.

- Domingo, 22: 10ºC e 18ºC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos