Onde vou fazer a prova do Enem 2019

Enem

O Enem é cheio de detalhes. Até chegarem os dias das provas, que em 2019 acontecem em 3 e 10 de novembro, os participantes precisam ficar de antenas bem ligadas para não perder nenhum passo.

E uma das etapas mais aguardadas é a liberação do cartão de confirmação. É nesse momento que os enemzeiros ficam sabendo exatamente onde farão as provas.

Quer saber onde você vai fazer a prova do Enem 2019? Fique com a gente que vamos contar tudo!

Quando saem os locais de prova do Enem 2019?

Quem se inscrever no Enem 2019 teve que preencher um questionário relativamente extenso, informando alguns dados e marcando algumas opções. Uma delas foi o município onde quer fazer a prova.

O local exato, com endereço completo e número de sala, só é divulgado bem depois.

Em 2019, essa informação está disponível a partir do dia 16 de outubro.

Como faço para ver meu local de prova do Enem 2019?

Descobrir seu local de prova do Enem 2019 é super fácil.

A partir do dia 16 de outubro, acesse a página do participante, no site oficial do Enem, e baixe seu comprovante.

Outra opção é acessar o comprovante de inscrição no aplicativo oficial do Enem para celulares.

Além do local de prova, o que mais tem no comprovante de inscrição?

O cartão de confirmação da inscrição do Enem não informa apenas o local de prova.

Nele tem também o nome completo do candidato, o número de inscrição, a opção de prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol), datas e horários de prova e a indicação de atendimento especializado, se for o caso.

Precisa levar o comprovante de inscrição para fazer a prova do Enem 2019?

O único documento obrigatório para fazer a prova do Enem 2019 é um documento original de identificação, oficial, com foto. Vale cédula de identidade (RG), carteira de motorista, carteira de trabalho, passaporte e outros (a lista completa você encontra no site ou aplicativo oficial do Enem).

Só que, apesar de não ser obrigatório apresentar o cartão de confirmação de inscrição, os organizadores do Enem todo ano recomendam levar o documento nos dois dias de prova.

O motivo: facilita encontrar a sala, evita contratempos e serve para tirar qualquer dúvida quanto às opções do candidato.

Por isso, imprima e leve seu cartão nos dias 3 e 10 de novembro.

Posso mudar meu local de prova do Enem 2019?

Não. Uma vez que seu local de prova estiver definido, a organização do Enem não aceita solicitações de mudança. É que toda a logística do exame já está preparada para que você faça sua prova naquela sala e endereço específicos.

Dicas para você não perder a prova do Enem 2019

Saber o local de prova com semanas de antecedência tem uma imensa vantagem: você pode se planejar para que, nos dias do Enem, possa entrar pelos portões dentro do horário permitido, sem afobação.

Você já deve saber, mas não custa reforçar. Assim que souber seu local de prova, faça o percurso até lá com o mesmo meio de transporte que usará nos dias de exame. Pense em rotas alternativas também, deixe uma boa folga de tempo para imprevistos e leve em consideração que o trânsito estará especialmente pesado - afinal, o Enem atrai milhões e milhões de inscritos por todo o Brasil.

Lembre-se também de que aos domingos a oferta de transporte público é menor.

Fique de olho nos horários de abertura e fechamento dos portões: eles abrem ao meio-dia e fecham pontualmente à uma hora da tarde (horário de Brasília). Quem chegar atrasado, mesmo que seja por 15 segundos, não vai poder entrar de jeito nenhum. E aí, adeusinho, Enem 2019. Fique de olho!

Onde usar a nota do Enem 2019

O resultado do Enem 2019 sai em janeiro de 2020.

E a partir da divulgação do boletim individual do Enem, não vão faltar oportunidades para você usar seu desempenho em vários processos seletivos.

Se quiser estudar em universidade pública e não tiver zerado a redação, poderá se inscrever no Sisu.

Se quiser bolsa de estudos e cumprir os requisitos, poderá tentar uma vaga no ProUni.

Se precisar financiar as mensalidades e se enquadrar nos requisitos do programa, poderá concorrer ao benefício do FIES.

E se quiser uma forma simples e sem burocracia de entrar na faculdade, poderá tentar o ingresso direto.

Ainda não sabe onde estudar?

A gente dá uma forcinha. Primeiro, verifique se a faculdade é reconhecida e bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC). Depois confira se tem o curso que você procura, com as condições que cabem no seu bolso.