ONG denuncia uso de software espião contra ativistas palestinos

As autoridades israelenses conseguiram infiltrar o software Pegasus, desenvolvido pelo grupo NSO, nos smartphones de seis ativistas palestinos, um deles de nacionalidade americana, e o outro, francês - informou a ONG de defesa dos direitos humanos Al Haq, nesta segunda-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos