Ong questiona parcialidade de Justiça turca às vésperas de audiência sobre assassinato de jornalista

·1 min de leitura

Às vésperas de uma nova audiência do julgamento à revelia de 26 acusados sauditas pelo assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, em Istambul, em outubro de 2018, a organização Repórteres sem fronteiras (RSF) questiona a imparcialidade política da justiça turca.

Em um comunicado publicado nesta segunda-feira (22), a organização de defesa da imprensa pede às autoridades turcas que “tomem medidas imediatas para levar diante da Justiça” as pessoas envolvidas no assassinato, “seja quem encomendou, instigou ou executou”.

Na quinta audiência desde o início do processo pela morte do jornalista saudita, realizada em um tribunal de Istambul nesta terça-feira (23), os acusados novamente estarão ausentes.

“Os 26 acusados à revelia [sem sua presença] envolvidos no caso, que começou a ser julgado em 3 de julho de 2020, são todos cidadãos sauditas”, lembra RSF. Nenhum deles se apresentou à Justiça.

Relatório

Nas últimas audiências, a Corte se recusou a aceitar como prova os relatórios do serviço secreto americano sobre o crime, como pedia a noiva de Kashoggi, Hatice Cengiz, que é cidadã da Turquia.

Segundo o relatório, cuja publicação foi ordenada pelo próprio presidente americano Joe Biden, o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman “validou” o assassinato do jornalista. Mas “o juiz declarou que o relatório não ‘acrescentava nada ao caso’”, lembra a RSF.

“A impunidade dos crimes contra jornalistas continua sendo um problema”, colocando a Turquia no 153º lugar entre 180 países no ranking mundial da liberdade de imprensa estabelecido pela RSF em 2021.

Com informações da AFP


Leia mais

Leia também:
RSF espalha manequins desmembrados diante de consulado saudita para lembrar morte de Khashoggi
Macron diz que França aplicará sanções aos culpados pela morte de jornalista saudita
Corpo de Khashoggi, jornalista saudita assassinado, foi desmembrado e dissolvido

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos