ONS eleva previsão de carga de energia em setembro; vê menos chuvas no Sul/Sudeste

·1 minuto de leitura
Imagem da hidrelétrica de Furnas em São José da Barra

SÃO PAULO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou nesta sexta-feira sua projeção de carga de energia no país em setembro para um crescimento de 1,5%, ante alta de apenas 0,4% na previsão anterior.

Em informe semanal, o ONS ainda apontou projeção de chuvas no Sul e Sudeste/Centro-Oeste inferiores ao projetado antes, um indicativo negativo para o país que precisa recuperar o quanto antes o nível dos reservatórios da hidrelétricas diante da pior crise hídrica em 91 anos.

O ONS agora apontou que as precipitações para as hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste, principal área de reservatórios de hidrelétricas do país, estão estimadas em 58% da média histórica, ante 59% na projeção da semana anterior.

O operador também reduziu as previsões de chuvas para o Sul, a 73% da média histórica, versus 76% na semana anterior.

O ONS projetou ainda chuvas em 47% da média histórica para hidrelétricas do Nordeste em setembro, ante 46% na projeção da semana anterior, enquanto para as hidrelétricas do Norte a perspectiva ficou estável em 77%.

(Por Roberto Samora)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos