ONS prevê chuvas próximas à média histórica em hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste

·1 min de leitura
Vista da hidrelétrica de Furnas

SÃO PAULO (Reuters) - As hidrelétricas no Sudeste e Centro-Oeste, onde estão os reservatórios das principais usinas hídricas do país, deverão receber chuvas equivalentes a 96% da média histórica em janeiro, projetou nesta quinta-feira o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Já no Nordeste, segunda região mais importante para a geração hidrelétrica, as chuvas ficarão acima da média histórica, em estimados 123%, em janeiro, segundo o operador, que indicou também uma recuperação dos reservatórios.

Segundo o ONS, os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste deverão terminar janeiro com 37% da capacidade, ante 25% ao final de dezembro. No Nordeste, a projeção é de 72,5%, versus 51,6% ao final deste mês.

No Sul, as chuvas serão mais fracas, ficando em apenas 40% da média histórica em janeiro, enquanto nas hidrelétricas do Norte a previsão é de índice de 183% da média histórica.

O ONS ainda prevê alta de 1,8% na carga de energia elétrica no Brasil em janeiro.

(Por Roberto Samora)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos