ONU alerta sobre a saúde de pessoas com HIV que estão sem tratamento na Ucrânia

Close-up of male doctor holding red ribbon
ONU estima que mais de 152 mil pessoas estão sem receber os medicamentos diariamente. Foto: (Getty Imagens).

O Programa Conjunto da ONU sobre HIV/Aids (Unaids), divulgou nesta sexta-feira (29), um alerta sobre a situação de pessoas com o vírus na Ucrânia que não estão recebendo o tratamento. As informações são da ONU News, eles afirmam que com a destruição dos serviços de saúde houve interrupções de suprimentos de medicamentos e na logística.

Ainda segundo a ONU, mais de 152 mil civis recebiam o medicamento diário para tratamento do vírus no leste europeu e na Ásia central, eles ainda afirmam que essas regiões estão com a taxa de crescimento alta de HIV no mundo.

O programa Unaids ainda calcula que mais de 260 mil ucraninanos eram soropositivos, sendo que 152 estavam em tratamento utilizando antirretrovirais diariamente. Segundo eles, os cuidados foram destruídos no conflito junto com mais de 40 centros de saúde especializados no tratamento.

Eles estimam que 21% dos usuários de drogas injetáveis na Ucrânia são soropositivos, assim como 7,5% dos homens homossexuais e 5,2% trabalhadores do sexo. As autoridades pedem apoio reforçado.

A organização tem trabalhado em conjunto com o Fundo Global contra Aids, Tuberculose e Malária e o governo da Ucrânia para garantir que o país receba os medicamentos em quantidade suficiente.

Também foi divulgado que mais de 18 milhões de kits antirretroviral estão sendo distribuídos em parcerias e a organização 100% Life em prol da saúde dos soropositivos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos