ONU diz que mais de 300 pessoas morreram no oeste de Mossul desde fevereiro

Genebra (Suíça), 28 mar (EFE).=. Pelo menos 307 pessoas morreram no oeste de Mossul entre 17 de fevereiro e 22 de março e outras 273 ficaram feridas como consequência de ataques do Estado Islâmico (EI) e bombardeios aéreos, informou nesta terça-feira o alto comissário da ONU para Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al-Hussein.

O incidente mais mortal aconteceu no dia 17 quando um ataque aéreo, supostamente dirigido a franco-atiradores do EI e seus equipamentos, alcançou um casa em Al Jadida, no oeste de Mossul, segundo dados do Escritório do Alto Comissariado e a Missão de Assistência da ONU no Iraque.jq

IMAGENS ONU. EFE TV - Rio de Janeiro - 21:10 GMT. Tags: onu,mossul,iraque,mortes,nomonetizar,efe. Twitter: www.twitter.com/brasilefe. E-MAIL: tvefe@efebrasil.com.br. WEB: www.efeservicios.com. Palabras clave: onu,mossul,iraque,mortes,nomonetizar,efe