ONU pede trégua 'humanitária' na Ucrânia

O chanceler alemão, Olaf Scholz, acusou o governo russo de praticar 'crimes de guerra' na invasão à Ucrânia, nesta terça-feira. Nos Estados Unidos, o secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu uma trégua de quatro dias pela Páscoa ortodoxa, enquanto o porta-voz do Pentágono, John Kirby, confirmou que Kiev recebeu caças para fortalecer a força aérea.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos