Onyx diz que vai deixar de jogar de 'volantão' para 'fazer gol'

Isabella Macedo
Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni

BRASÍLIA - O ministro Onyx Lorenzoni, realocado da Casa Civil para o Ministério da Cidadania, disse na manhã desta sexta-feira que a mudança foi para "fazer gol". Em entrevisa à Rádio Gaúcha, Onyx foi questionado se sua substituição pelo general Walter Braga Netto na Casa Civil seria demonstração de ingratidão do presidente Jair Bolsonaro.

- Eu brinco dizendo que estava jogando com a 5, de 'volantão'. Dando bica na bola, dando carrinho, pedindo que a bola estivesse na nossa área e alguém fizesse gol. Agora ele (Bolsonaro) me botou lá para frente, quer que eu vá fazer gol - disse ele.

Conheça: Quem é o general convidado por Bolsonaro para assumir o comando da Casa CivilO Ministério da Cidadania é responsável, entre outras ações, pelo Bolsa Família, uma das principais bandeiras dos governos do PT. Onyx afirmou que o programa tem origem liberal e que vai ter "larga porta de saída".

- Vamos fazer do Bolsa Família um sistema e uma importante ferramenta de construção de cidadania, mas vai ter larga porta de entrada e mais larga porta de saída - afirmou o ministro.No primeiro ano de governo de Bolsonaro, o Bolsa Família voltou a ter uma fila de pessoas aguardando para receber o benefício. Entre 2018, a fila pulou de zero para 494.229 famílias, maior espera desde 2015, quando mais de 1,2 milhão de famílias aguardavam o auxílio.