Onyx Lorenzoni discursa em ato em Porto Alegre

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - Ex-ministro de Jair Bolsonaro (PL), Onyx Lorenzoni (PL) foi o único candidato ao governo do Rio Grande do Sul a discursar na manifestação de 7 de setembro em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Onyx começou puxando um Pai-Nosso pelo "desafio de manter o país verde e amarelo". O candidato fez um discurso exaltando sua relação com Bolsonaro "desde que só recebia deboche", contra o PT e contra "a mídia engajada".

Depois, atacou a gestão de Eduardo Leite (PSDB) na pandemia e o distanciamento social.

"Enquanto o presidente entrava na casa das pessoas e queria saber o que estava acontecendo, aquele rapaz [Leite] ficava dentro de um palácio", disse Onyx.

Por fim, convocou a multidão a gravar um vídeo em que os homens diziam "Michelle, nós te amamos" e as mulheres "Jair, nós te amamos".

Antes, os oradores incentivavam as mulheres -eleitorado em que o presidente tem grande rejeição- a postarem fotos com uma hashtag favorável a Bolsonaro.

O senador Luis Carlos Heinze (PP), que disputa o voto bolsonarista com Onyx, teve agendas em municípios diferentes: Santa Maria, Santiago e Alegrete.