Onze desaparecidos e 31 resgatados em naufrágio de balsa na Indonésia

Onze pessoas estão desaparecidas e 31 foram resgatadas depois que uma balsa ficou sem combustível e naufragou no litoral da Indonésia, informaram as autoridades nesta segunda-feira.

Rebocadores e pescadores locais resgataram a maioria dos passageiros da KM Ladang Pertiwi, que quando passava na quinta-feira pelo estreito de Makassar, na província de Sulawesi do Sul.

"Até agora, 31 pessoas foram resgatadas com vida e a busca continua por outras 11 que estão desaparecidas", declarou à AFP o coordenador da equipe de resgate local, Djunaidi, que, como muitos indonésios, utiliza apenas um nome.

"Eles já voltaram para suas casas e, de modo geral, estão em boas condições", acrescentou sobre os resgatados.

As equipes de emergência utilizaram um helicóptero para ampliar a faixa de busca a 20 milhas náuticas a partir do local do naufrágio e tentar encontrar os desaparecidos, afirmou Djunaidi.

A embarcação não tinha permissão para transportar passageiros. O capitão e o dono da balsa foram interrogados pela polícia.

Também não havia lisa de passageiros, mas as autoridades calculam que transportava 42 pessoas no momento do acidente.

Os acidentes marítimos são frequentes na Indonésia, um arquipélago de 17.000 ilhas onde as normas de segurança nem sempre são respeitadas.

Em maio, uma balsa com mais de 800 pessoas a bordo encalhou no litoral da província de Nusa Tenggara Leste e permaneceu presa por dois dias, sem provocar vítimas.

Em 2018, mais de 150 pessoas se afogaram quando uma balsa naufragou em um lago na ilha de Sumatra.

dsa/oho/mas/meb/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos