Onze mortos em acidente após visita à basílica de Nossa Senhora de Guadalupe

1 / 2
Bombeiros cobrem o corpo de uma vítima do acidente em Santa Rita Tlahuapan (Puebla), no dia 12 de dezembro de 2017

Ao menos 11 pessoas morreram, entre elas três menores, e cerca de 12 ficaram feridas na colisão de sua caminhonete em uma estrada do centro do México, após visitarem a Basílica de Guadalupe na capital, informaram as autoridades nesta terça-feira (12).

O acidente ocorreu pouco antes das 05H00 local (09H00 no horário de Brasília) na auto-estrada que liga a Cidade do México a Puebla, na altura do povoado de Santa Rita Tlahuapan, no estado de Puebla.

Um caminhão que carregava uma carga de frutas avançou em direção ao automóvel nessa estrada pela qual transitam inúmeros veículos pesados que transportam mercadorias e bens.

A polícia federal detalhou que no local do acidente morreram oito pessoas, incluindo um menino, ainda que os serviços de saúde da região digam que também faleceram outros menores e um adulto, que foram levados para a emergência de um hospital.

Cerca de doze pessoas continuam internadas, entre elas um menino em estado grave.

Os corpos das vítimas ficaram durante bastante tempo espalhados ao longo da estrada, e somente ao amanhecer, após terem sido realizadas as perícias necessárias, eles começaram a ser retirados.

As vítimas eram fiéis que voltavam à Cidade do México após prestar homenagens a Nossa Senhora de Guadalupe, cuja festa litúrgica é comemorada na terça-feira, 12 de dezembro, segundo a tradição católica. A santa foi canonizada por suas aparições ao indígena Juan Diego, que também é canonizado.

No dia 12 de dezembro e em alguns dias anteriores os mexicanos comemoram as aparições da Nossa Senhora de Guadalupe, o que gera um aumento no número de peregrinos pela região, alguns deles em bicicletas e outros correndo em revezamento carregando uma tocha ou por estradas de todo o país em seu caminho de ida e volta em direção à Basílica de Guadalupe.

As autoridades da Cidade do México estimam a visita de aproximadamente sete milhões de fiéis vindos da capital, de outros estados e até mesmo de outros países em comemoração a essa santa.