Operação apreende quase 3 toneladas de produtos pirateados

RIO — Cerca de três toneladas de mercadorias sem nota fiscal foram apreendidas, na manhã desta sexta-feira, em uma carreta que seguia da cidade de Nova Serrana, em Minas Gerais, para o município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. A carga, avaliada em R$ 2 milhões, tinha milhares de pares de calçados, entre eles, aproximadamente 4 mil tênis, que estavam misturados a produtos legalizados. Os motoristas foram autuados e o veículo e as mercadorias encaminhados para a Cidade da Polícia.

A ação, realizada pela equipe do posto fiscal de Comendador Levy Gasparian, faz parte da Operação Foco, que tem o objetivo de coibir a evasão de ativos, fiscalizar as divisas do Estado do Rio e reprimir o crime e a entrada de armas, drogas e produtos contrabandeados em território fluminense.

– A carreta deu entrada em nosso posto e apresentou uma documentação regular. Mas os agentes desconfiaram e durante a vistoria encontraram os produtos irregulares, sem nota fiscal, no fundo do veículo. Além da grande apreensão de hoje, é importante destacar que também realizamos um trabalho constante de monitoramento e coleta de informações das polícias para coibir esse tipo de crime fiscal - disse o subsecretário especial de Controle de Divisas, Coronel Eduardo Castelano.

A operação acontece em vários pontos de entrada do estado, mas concentra a fiscalização em cinco postos fixos: Itatiaia, Comendador Levy Gasparian, Campos dos Goytacazes, Angra dos Reis e Itaperuna.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos