Operação contra milícia de Ecko tem fardas semelhantes às do Bope e granada apreendidas

Extra
·1 minuto de leitura

Durante uma operação realizada nesta quinta-feira na Favela de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) apreenderam fardas semelhantes às do Batalhão de OPerações Especiais (Bope), placas de coletes à prova de balas, radiotransmissores, um celular, uma granada artesanal e um carro clonado. O material estava num terreno perto da estação de trem do bairro, em área controlada pela milícia de Wellington da Silva Braga, o Ecko.

De acordo com o delegado Márcio Braga, titular da DRFA, os policiais foram até Antares após receber uma denúncia de que ocorria um desmanche de carros na comunidade. O material encontrado pelos policiais foi enviado para a perícia e a investigação continuará para apurar quem ele pertencia.

Ecko é atualmente o bandido mais procurado do Estado do Rio. O Disque-Denúncia (21 2253-1177) oferece uma recompensa de R$ 10 mil por pistas que levem à prisão dele.